Queijo Minas: Qual sua origem?

Diz à lenda, que este delicioso derivado do leite foi descoberto por um dos filhos de Apolo, Aristeu, Rei da Arcádia. O mito nos leva a acreditar que, apesar das origens desta deliciosa especiaria ser ainda desconhecidas, sua trajetória, sem sombra de dúvidas, é muito longa.

No Brasil, a história do Queijo Minas artesanal remonta à descoberta do ouro na Capitania de Minas Gerais. No fim do século XVII e início do século XVIII, muitos portugueses vieram ao Brasil em busca das riquezas da região.

Como precisavam de um alimento que durasse o dia todo e resistisse às longas jornadas, os viajantes adaptaram uma antiga receita portuguesa de queijo coalho produzido a partir de leite fresco. Essas famílias portuguesas perceberam que o estado de Minas Gerais tinha condições ambientais e geográficas adequadas para a produção de laticínios. A receita fez tanto sucesso que o Queijo Minas logo se tornou conhecido em todo o País, e Minas Gerais virou o maior centro produtor de queijo.

Durante muito tempo, o Queijo Minas Frescal era produzido somente por famílias queijeiras, mas por volta de 1880 iniciou-se a fabricação industrial, na região da Mantiqueira. Nessa época, o Queijo Minas ganhou também versões curadas, conhecidas como Minas Padrão.

Veja mais

Cardápio do Dia por Bruna Andrade
Cardápio do Dia dos Namorados por Duda Franco
Cardápio do Dia por Gabriela Vieira